Jesus Irá Dizer: Apartai-vos De Mim

nganmeans46447

Previsão do tempo para hoje em Contagem - MG - ClimatempoA Psicanálise de Freud foi o marco inicial para os procedimentos terapêuticos de cura pela fala. A Gestalt-terapia diferencia-se da Psicanálise ao propor uma reintegração da psicologia do normal e do anormal, re-avaliando o que é considerado o “funcionamento psicológico normal” (Perls et al., 1997), que é quando o indivíduo consegue realizar trocas sadias com o meio, hierarquizando as necessidades mútuas. Rieff (1989) afirma que a terapia freudiana propõe tirar o paciente do mundo da “dura realidade” que ele não conseguiu enfrentar – uma retirada temporária – objetivando devolvê- lo, municiado de um equipamento mais realista. A Psicanálise sofreu muitas críticas por seus posicionamentos teóricos, bem como de seus próprios estudiosos – que muitas vezes desertaram do campo psicanalítico -, criando suas próprias abordagens terapêuticas. Podemos estender essa definição a todas as outras propostas psicoterapêuticas. De acordo com Perls (1988), esse funcionamento normal corresponde à capacidade de autorregulação humana, de se manter em um estado de equilíbrio homeostático entre organismo e meio.

Tempo Universal (UT) é o nome do sistema de tempo moderno baseado em telescópios, adotado em 1928 pela União Astronômica Internacional como substituto ao GMT. A Hora Legal Brasileira (HLB) é gerada pela Divisão Serviço da Hora (DSHO) do Observatório Nacional (ON) a partir de um conjunto de 7 padrões atômicos de feixe de césio e 1 padrão atômico de maser de hidrogênio. As observações no Observatório de Greenwich cessaram em 1954, embora o local ainda seja utilizado como ponto de referência para o sistema de coordenadas geográficas. O Maser de hidrogênio é atualmente o equipamento de mais alta precisão de geração de tempo da América do Sul, não adiantando ou atrasando mais que um segundo a cada 10 milhões de anos. NTP no sistema operacional utilizado. O segundo conforme definido pelos sistemas UT e GMT podem, por razões técnicas quanto à definição, apresentarem ligeira discrepância em relação ao Tempo Universal Coordenado.

La Mémoire, l’histoire, l’ oublie. For those who have just about any queries regarding where by and how you can make use of Do Tempo Para Semana, you are able to contact us in our own web site. In: Le Débat, nº 122, 2002, p.42-44. 5 5 LYOTARD, Jean-François. Paris : Ed. du Seuil, 2000, p.480-498 e “Mémoire: approches historiennes, approche philosophique”. In: Annales ESC, nº 20, 1965, p. 65 (artigo sobre O Pensamento Selvagem, de Claude Lévi-Strauss). Com seus grandes espaços vazios, baldios, e suas “sombras”, Berlim me fazia o efeito de uma cidade para historiadores onde mais do que em outros lugares podia aflorar o impensado do tempo (não somente o esquecido, o reprimido, o renegado). Seria evidentemente falso dizer que ele tinha se congelado. Enfim, Do Tempo Para Semana ela me acompanhou quando de minha estada em Berlim, ao Wissenschaftskollelg, em 1994, quando os restos do Muro não tinham ainda desaparecido, o centro da cidade era um canteiro de obras, já em curso ou a fazer, e discutíamos já a reconstrução ou não do Castelo real, e as grandes fachadas arruinadas, metralhadas dos imóveis do Leste tornavam visível um tempo que, lá, tinha escoado de outra forma.

Assim, de um ponto de vista antropológico ou, mais precisamente, etnográfico, pensar a favela consolidada implica levar em consideração a historicidade da favela como forma social e espacial, ou melhor, pensar a consolidação de favelas como processo espaço-temporal, atravessado por relações de poder que se (re)produzem em diversas escalas. De outro lado, a apropriação do espaço da favela pelo tráfico de drogas, por meio da imposição de novos usos e rotinas sociais que produzem e reforçam as fronteiras sociais e simbólicas entre a favela e o dito “asfalto”. A hipótese aqui desenvolvida é a de que essa conjuntura é marcada pelos efeitos sociais de dois processos sócio-históricos, que vêm paulatinamente se interconectando. De um lado, a substituição de programas de remoção por projetos e programas de urbanização, o que possibilitou um boom de construção civil nas favelas ao longo das últimas décadas e no incremento do mercado imobiliário das mesmas, e a conseqüente mercantilização de seus espaços.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *