Terrestrial, Atmospheric And Oceanic Sciences, V

nganmeans46447

Iguazú fallsAs medições de RO-GPS são minimamente afetadas por aerossóis, nuvens ou precipitação; são independentes da calibração de radiossondas e não se espera que tenham desvio nos instrumentos de medição nem viés nos seus resultados (Cucurull et al., 2007CUCURULL, L.; DERBER, J.C.; TREADON, R.; PURSER, R.J. Assimilation of Global Positioning System Radio Occultation Observations into NCEP’s Global Data Assimilation System. 2014)SAPUCCI, L.F.; BASTARZ, C.F.; CERQUEIRA F.; AVANÇO, L.A.; HERDIES, D.L. No Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (CPTEC/INPE), a assimilação dos perfis de RO-GPS tem demonstrado um impacto positivo na qualidade das previsões. Impacto de perfis de rádio ocultação GNSS na qualidade das previsões de tempo do CPTEC/INPE. Isso é particularmente importante para a assimilação desses dados em uma região específica. Revista Brasileira de Meteorologia, v. 29, n. If you have any type of concerns regarding where and how you can utilize Previsão de tempos, you can contact us at our web site. 4, p. 551-567, 2014., nota-se um aumento da correlação das anomalias previstas com as anomalias das análises e um ganho na extensão das previsões válidas de 24 h. Nesse estudo foram realizados experimentos assimilando perfis atmosféricos de altura geopotencial e umidade, obtidos por meio dos perfis de refratividade utilizando dados da constelação COSMIC (acrônimo do inglês Constellation Observing System for Meteorology Ionosphere & Climate). De acordo com Sapucci et al. Observing earth’s atmosphere with radio occultation measurements using the Global Positioning System.

Neste contexto, em vista de sua definição, o tempo perde o status de grandeza absoluta e universal e passa a ser uma grandeza estritamente local, uma grandeza necessariamente atrelada à origem e aos eixos espaciais coordenados de um referencial em específico. Medir o tempo implica estabelecer um mecanismo físico que produza um dado evento que se repita de forma uniforme e simétrica, e nestes mecanismos repetições uniformes e regulares significam, em acordo com o teorema de Noether quando aplicado à definição de energia, uma energia muito bem definida para o mecanismo de referência. Incertezas na energia deste implicam incertezas na medida do tempo ao usar-se tal mecanismo – tal relógio – para mensurá-lo. A dependência do tempo com a energia decorre do processo usado para mensurá-lo. A relação entre energia e tempo é também evidente ao considerar-se a entropia, grandeza física definida no âmbito da termodinâmica quando se consideram os processos onde ocorrem trocas ou concernentes à distribuição de energia, a qual associa-se a capacidade de discernimento do que veio primeiro e do que veio posteriormente em tais sistemas físicos quando considerados de forma isolada.

Mas, ele é também o século que, sobretudo no seu último terço, deu extensão maior à categoria do presente: um presente massivo, invasor, onipresente, que não tem outro horizonte além dele mesmo, fabricando cotidianamente o passado e o futuro do qual ele tem necessidade. Um presente já passado antes de ter completamente chegado. Este mundo, o nosso, as gerações futuras, nós mesmos. Nós gostaríamos de preparar, a partir de hoje, o museu de amanhã e reunir os arquivos de hoje como se fosse já ontem, tomados que estamos entre a amnésia e a vontade de nada esquecer. Daí vem este olhar museológico lançado sobre o que nos cerca. À confiança no progresso se substituiu a preocupação de guardar e preservar: preservar o quê e quem? Mas, desde o fim dos anos 1960, este presente se descobriu inquieto, em busca de raízes, obcecado com a memória. Para quem? Para nós, já. A destruição do Muro de Berlim, seguida da sua museificação instantânea foi um bom exemplo, com a sua imediata mercantilização.

↑ O desvio para o vermelho ocorre não apenas em função da gravidade mas também em virtude do movimento relativo entre a fonte e o observador através de um fenômeno conhecido como Efeito Doppler, fenômeno este que possui sua versão clássica e sua versão relativística, destacando-se no último caso o efeito Doppler transversal, para o qual não há análogo clássico. ↑ O autor deve atentar para o fato de que muitas das ficções científicas do passado são hoje uma realidade científica. A exemplo, o termo bomba atômica foi cunhado por H. G. Wells quase um século antes desta tornar-se realidade, encontrando-se a definição da mesma segundo este autor de ficção científica inclusive citada no livro “The Making of Atomic Bomb”, um best seller de autoria de Richard Rhodes, que conta a saga não só deste invento mas de todo o desenvolvimento da física moderna associada ao século XX. A bomba atômica e a viagem à lua são exemplos.

O sistema de assimilação utilizado nesse estudo foi o Sistema de Análise Estatística em Espaço Físico (PSAS, acrônimo do inglês Physical-space Statistical Analysis System), operacional no centro até 2013. Em Sapucci et al. Visando incrementar o volume de dados a ser assimilados foi implementado no CPTEC/INPE o sistema G3DVar, entrando no ciclo de assimilação dados de perfis de refratividade dos satélites da constelação COSMIC, TerraSAR-X e MetOp-A. MetOp-B, substituiu o MetOp-A como o principal satélite meteorológico operacional em órbita polar da Europa. Os resultados encontrados nesse estudo indicam impactos significativamente positivos sobre a América do Sul, em todas as variáveis avaliadas e durante quase todo o tempo de integração do modelo. 2015), usando o sistema de assimilação LETKF (acrônimo do inglês Local Ensemble Transform Kalman Filter) acoplado ao Modelo de Circulação Geral Atmosférica (MCGA) do CPTEC/INPE, foram assimilados perfis de refratividade provenientes da constelação COSMIC. O último satélite do programa da Organização Europeia para Exploração de Satélites Meteorológicos (EUMETSATEUMETSAT.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *